dicas

3 dicas para você comprar a sua primeira casa

É a sua primeira casa, a empolgação é grande, mas você não sabe por onde começar. A decisão de adquirir um domicílio precisa ser tomada após muito planejamento. Porque muitas vezes a pressa pode te fazer deixar passar alguns detalhes que depois farão toda a diferença. Confira algumas dicas importantes do que fazer antes de decidir qual casa comprar.

Financiamento

É importante se ter em mente, que apesar do crédito imobiliário ser facilitado pelos bancos comprar uma casa é um investimento a longo prazo que requer cautela. O financiamento varia entre 6,5% a 12%, sendo que os menores juros são para financiamentos subsidiados por programa do Governo Federal, como por exemplo, Minha Casa Minha Vida. Este oferece condições diferenciadas de financiamento, o benefício é proporcional à renda mensal do solicitante e é feita uma espécie de classificação que define os valores das prestações que serão pagas para a aquisição do imóvel.

Na faixa 1, por exemplo, entra as famílias que recebem até R$ 1.800,00 por mês. Já a faixa 1,5 é para quem ganha no máximo R$ 2.600,00 mensalmente. O grupo da faixa 2 é destinado para famílias que recebem até R$ 4.000 por mês. A faixa 3 é para famílias com renda de até R$ 9.000,00 e permite a utilização dos recursos do FGTS.

Planejamento

O planejamento é muito importante neste momento, o principal deles é saber quanto irá ter de orçamento e pesquisar o melhor financiamento, quantidades de parcelas e quanto será a entrada. Além do mais, é necessário ter o conhecimento preciso das garantias de renda que terá a longo prazo. Em Campo Grande – MS existem muitas casas a venda e serviços profissionais para compra e venda com segurança.

Quando se quer comprar uma casa o controle financeiro deve ser maior, já que estará assumindo uma dívida que pode levar a vida toda a ser paga. Outra dica relevante é não comprometer 30% do seu rendimento com dívidas, incluindo as parcelas da prestação do imóvel. É bom estipular se o FGTS será usado na quitação de parte do valor. Quem tiver uma boa reserva financeira ou bens que podem ser revertidos em dinheiro para a compra do imóvel, pode ser uma boa ideia utilizá-los.

Avaliação do imóvel

As características do imóvel são importantes na hora da pesquisa, saber se é novo ou usado, a quantidade cômodos, localização, área de lazer quando for apartamento, número de garagens, a distância até o seu trabalho, ou escola dos filhos. Dentre outras peculiaridades que vão influenciar diretamente no valor final da sua futura residência. Lembre-se, a pressa é inimiga da perfeição, em muitas ocasiões, pela vontade de ter logo o tão desejado lar, as pessoas esquecem de conferir pequenos detalhes no local, dois quais podem fazer a diferença posteriormente. Analise todas as possibilidades e consulte um corretor ou consultor de sua confiança, e não feche o negócio sem que todas as dúvidas sejam totalmente sanadas.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply Wanessa 18 de outubro de 2017 at 12:59

    ótimo post Mary, to longe de comprar a minha mais vale pensar a respeito 😉
    bj http://diadebrilho.com

  • Reply Lilian Moraes 20 de outubro de 2017 at 13:21

    Oi Mary! Gostei muito to seu post, bastante explicativo. Está nos meus planos adquirir um imóvel futuramente e desde já, faço o planejamento financeiro.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

  • Reply Lívia Alli de Alcântara Madeira 23 de outubro de 2017 at 9:01

    nossa, eu sempre penso a respeito e tem que ter msm MUITO planejamento financeiro, preciosas as dicas nesse post

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

  • Leave a Reply