Browsing Tag

bem-estar

Publicidade

Com combater o estresse com novas técnicas e aparelhos

O nosso dia a dia geralmente é bem estressante, especialmente para quem vive em grande cidades e enfrenta uma rotina mais puxada. Hoje existe diversas técnicas de terapias que ajudam a amenizar o estresse e assim podemos ter uma qualidade de vida melhor. Uma maneira bacana de combater o estresse é utilizar técnicas de massagens!

Beautiful young lady relaxing in the massage chair.

O grande problema do estresse são os distúrbios funcionais – passageiros ou não – que pode causar, além de problemas musculares e articulares. Problemas gástricos, deficiências no sistema imunológico, asma e problemas respiratórios, alterações cardiovasculares, problemas psíquicos como ansiedade e depressão, podem ser causados pelo estresse e precisa de acompanhamento médico.

Existem diversas técnicas e tipos de aparelho de massagem, que ajudam a garantir melhores resultados, e combinado com técnicas tradicionais como shiatsu, técnica oriental que trabalha pontos dos dedos e das mãos, como uma aplicação de acupuntura, e a reflexologia, que se baseia na aplicação de pressão sobre determinados pontos dos pés, que correspondem a diferentes áreas e órgãos do corpo.

Não é só isso que vai resolver o problema, mudar o estilo de vida também é muito importante. Ou seja, adotar hábitos saudáveis, boa alimentação, e claro, realizar atividades físicas e de lazer.

Tecnologia de relaxamento

Vocês já devem ter visto por aí as cadeiras de massagem ou poltronas, né? Elas fazem o maior sucesso, pois são super relaxante. Existem locais onde é possível fazer essa massagem ou para quem tem interesse e condição uma boa opção é comprar o equipamento. Imagine só ter uma dessas cadeiras em casa. Maravilhoso! Elas tem diferentes funcionalidade e uma sistema vibratório e de rolamento que trabalha todo o corpo, desde o pescoço até as pernas, massageando também a coluna. #querojá

Para completar tem os modelos avançados como o Sense – Plenitude, que simulam movimentos pré-programados de técnicas como shiatsu, reflexologia e cromoterapia. Esse modelo ainda oferece a função de sincronizar a massagem com a música, para potencializar o relaxamento.

Já alguns modelos básico como a Poltrona de Massagem Allure – Plenitude ainda auxiliam na ativação do metabolismo, ajudam na eliminação de toxinas e melhoram a circulação e o alongamento muscular. Modelos com a Cadeira Director de Massagem Relaxmedic tem um preço mais amigo e ainda podem ser utilizadas em casa ou no trabalho, e possui um design elegante e sofisticado, que combina com qualquer tipo de ambiente.

Agora é preciso ter cuidado, pois nem todo mundo pode utilizar. Pessoas de marca-passo, osteoporose e outras doenças, gestante e crianças e criança menores de 14 anos devem evitar esse equipamento.

Técnicas naturais

Existem outras formas de combater o estresse. Ele é um conjunto reações do organismo (físicas e psíquicas) a agressões, desconfortos, pressões da vida cotidiana, problemas nas relações humanas em geral, crises socioeconômicas ou qualquer outro tipo de conflito externo que pode gerar desequilíbrios em nosso organismo.

Entre os tratamentos naturais tem a massagem com pedras quentes que utilizada pedras de origem vulcânica com alta capacidade de absorção de calor, e que levam sensações de conforto e relaxamento para o corpo quando aplicadas sobre determinadas regiões, auxiliando no aumento da vasodilatação e microcirculação, além de aliviar dores musculares e estimularem a desintoxicação do organismo.

Essa massagem ajuda a equilibras as energias assim como a técnica da massagem com velas (ou “candle massage”) que são confeccionadas com substâncias hidratantes e nutritivas, como vitaminas, além de óleos essenciais que promovem relaxamento, amenizando o cansaço e atuando a partir de princípios da aromaterapia para um reequilíbrio integral do corpo, além de melhorarem a aparência da pele.

Combater o estresse é muito importante para o seu bem estar. Espero que essas dicas tenham ajudado.

dicas

Chocolate saudável que emagrece? Conheça os benefícios da alfarroba

Quem não ama se deliciar com um chocolate de vez em quando, não é verdade? Quando isso é feito de forma moderada, sem interferir descontroladamente na dieta, não faz mal algum. O máximo que poderá sentir é um gosto único no paladar e uma sensação de bem-estar nas alturas, como nenhum outro alimento é capaz de provocar.

Por outro lado, o consumo exagerado dessa guloseima, considerada uma das mais apreciadas em todo o mundo, pode engordar – e muito, por conta do seu alto teor de gordura, açúcar e calorias – e comprometer a saúde, com o risco de doenças crônicas, tais como a diabetes e a acne, causadas, na maioria dos casos, pela ingestão excessiva de açúcares.

É por isso que a dica dos especialistas para continuar saboreando um chocolate sem arriscar a saúde é sempre a moderação. Beliscando o doce em pequenas quantidades e algumas vezes no mês, você poderá prolongar a sua expectativa de vida e não precisará nunca eliminar a iguaria do seu cardápio.

Mas, o que devem fazer os chocólatras de plantão, que não controlam aquela vontade de comer uma barra de chocolate inteira? Neste caso, a recomendação é recorrer a alimentos paliativos (calmantes) e que possuam sabor e propriedades semelhantes aos do cacau, como a alfarroba, que é o assunto do nosso artigo de hoje.

Considerada um “chocolate saudável”, a alfarroba pode substituir o cacau na fabricação da guloseima e de outras tantas receitas, sendo indicada até mesmo para quem quer emagrecer, uma vez é bem menos calórica que o chocolate.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue lendo esse artigo até o final e conheça tudo sobre a alfarroba e quais são os benefícios de inseri-la na sua dieta!

dica-alfarroba-01

O que é a alfarroba?
A alfarroba – conhecida também como algarrobo, alfarrobeira, algarobia e goma-de-mesquita – é uma espécie de vagem, de coloração marrom-escura e sabor adocicado, que nasce em uma árvore chamada alfarrobeira, oriunda da costa do Mediterrâneo.

Popularmente considerada uma planta medicinal, a espécie já era cultivada pelos gregos antigos e, atualmente, é utilizada pela indústria alimentícia na fabricação de gomas, espessantes e farinhas em pó, em substituição ao cacau, podendo ser usadas para preparar receitas doces na cozinha, como o chocolate.

Rica em nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo, como proteínas, fibras, vitaminas A, do complexo B, como a B1 e a B2; potássio, cálcio, sódio, magnésio, ferro, além de compostos fenólicos antioxidantes, como o ácido gálico, flavonóides, quercetina, taninos, miricetina, entre outros, a alfarroba pode atuar no nosso corpo com funções laxativas, saciantes (ideal para emagrecer), adstringentes, afrodisíacas e até reguladoras da glicemia no sangue. Sendo assim, os seus benefícios à saúde podem ser variados, como você vamos te mostrar a seguir.

Carob powder in bowl with chocolate pieces on wooden background

Quais são os benefícios?
• Ajuda a emagrecer (por ser menos calórica e com alto teor de fibras em sua composição, que aumentam a sensação de saciedade);
• Combate o colesterol ruim (LDL);
• Melhora o funcionamento do sistema nervoso;
• Fortalece os músculos do corpo;
• Melhora as atividades cerebrais;
• Previne doenças cardiovasculares;
• Auxilia no desenvolvimento saudável de ossos e dentes;
• Melhora a visão;
• Melhora o aspecto da pele;
• Combate o envelhecimento precoce (devido às suas propriedades antioxidantes que combatem os radicais livres);
• Previne o câncer;
• Trata a obstipação (prisão de ventre);
• Fortalece o sistema imunológico;
• Melhora a digestão;
• Previne e controla a diabetes;
• Combate doenças degenerativas;
• Combate úlceras, vômitos e diarréias;
• Melhora a saúde sexual;
• Controla os níveis de açúcar no sangue.

Chocolate que emagrece? Saiba as diferenças entre o cacau e a alfarroba
Apesar de possuir sabor e características semelhantes aos do cacau, a alfarroba apresenta algumas diferenças em relação a este ingrediente, que podem ser essenciais e levados em conta na hora de escolher o melhor para o emagrecimento.

Enquanto o cacau possui um alto teor de gorduras, que pode chegar aos 23%, a alfarroba contém apenas 0,7%, o que a torna ideal para ser consumida por pessoas que querem perder peso.
Por outro lado, em relação às quantidades glicêmicas presentes em sua composição, o cacau sai ganhando, com apenas 5% de açúcares entre os seus ingredientes. Já a alfarroba, por sua vez, dispara na frente, com quantidades entre 38% e 45% de índice glicêmico.

Mesmo assim, acredite: a alfarroba continua em vantagem quando o assunto é emagrecer. Apesar de estar praticamente empatada em termos de valor calórico com o cacau, a alfarroba é adocicada naturalmente e não precisa levar mais açúcar na fabricação de chocolate e outras receitas para ficar mais compatível com o nosso paladar.

Ao contrário disso, o cacau é mais amargo, ou seja, precisaria de uma maior quantidade de açúcar no preparo de receitas e chocolate para ficar em bom gosto na boca, o que o torna menos benéfico para ser inserido na dieta, principalmente de quem quer secar a barriga.

• Artigo Relacionado: Como fazer Chocolate Quente com Leite de Soja

Como consumir?
A farinha de alfarroba, que extraída das suas sementes torradas e moídas, pode ser usada para fazer inúmeras receitas, como chocolate, mousse, bolos, pães, cremes, crepes, bolachas, entre tantas outras que podem substituir o cacau ou a própria farinha de trigo no preparo. Basta usar a imaginação!

Onde comprar?
Você pode encontrar a farinha de alfarroba à venda em lojas de produtos naturais, mercados e farmácias de manipulação, inclusive pela internet.

Post convidado: TudoEla